Atuação geográfica

No Brasil, movimentamos grãos e oleaginosas da fazenda ao porto, nas novas fronteiras agrícolas, em cada etapa da cadeia de valor: desde a originação e fluxo logístico, até as exportações internacionais ou vendas no mercado doméstico.

Nova Maringá/MT

Capacidade Estática: 90.000 t

Capacidade Recepção: 480 t/h

Capacidade Expedição: 200 t/h

Leia mais

Sinop/MT

Capacidade Estática: 90.000 t

Capacidade Recepção: 480 t/h

Capacidade Expedição: 200 t/h

Leia mais

Querência/MT

Capacidade Estática: 90.000 t

Capacidade Recepção: 480 t/h

Capacidade Expedição: 200 t/h

Leia mais

Santa Rosa do Tocantins/TO

Capacidade Estática: 32.000 t

Capacidade Recepção: 240 t/h

Capacidade Expedição: 240 t/h

Leia mais

Silvanópolis/TO

Capacidade Estática: 18.000 t

Capacidade Recepção: 120 t/h

Capacidade Expedição: 160 t/h

Leia mais

Luis Eduardo Magalhães/BA

Capacidade Estática: 30.600 t

Capacidade Recepção: 240 t/h

Capacidade Expedição: 120 t/h

Leia mais

Tupirama/TO

Capacidade Estática: 35.000 t

Capacidade Recepção: 120 t/h

Capacidade Expedição: 160 t/h

Leia mais

Anapurus/MA

Capacidade Estática: 30.000 t

Capacidade Recepção: 160 t/h

Capacidade Expedição: 160 t/h

Leia mais

Palmeirante/TO

Capacidade Estática: 30.000 t

Capacidade Recepção: 600 t/h

Capacidade Expedição: 1.200 t/h

Leia mais

Pirapora/MG

Capacidade Estática: 37.800 t

Capacidade Recepção: 250 t/h

Capacidade Expedição: 500 t/h

Leia mais

TEGRAM – São Luís/MA

Capacidade Recepção Rodoviária: 750 t/h

Capacidade Recepção Ferroviária:: 2.200 t/h

Capacidade Expedição: 2.500 t/h

Leia mais